CIO mais estratégico: de provedor a consultor

Esses executivos estão assumindo um papel mais crítico nos negócios – 66% das empresas já terceirizam pelo menos uma das operações de TI, segundo pesquisa

Como reflexo da transformação digital, com a consolidação do data center e a expansão do outsourcing de aplicações e serviços de TI, os CIOS estão se tornando consultores de serviços de tecnologia, em vez de apenas provedores, o que reforça o papel crítico desses executivos para os negócios. É o que aponta o estudo The Adaptable State CIO (A adaptação do perfil do CIO, em tradução livre), feito pela CompTIA, Grant Thornton LLP e NASCIO (National Association of State Chief Information Officers) nos Estados Unidos.

A pesquisa, que está na sétima edição, mostra uma redução contínua de data centers próprios e operados diretamente. Mais de 66% das empresas já terceirizam pelo menos uma das operações de infraestrutura de TI e o modelo de serviços gerenciados será norma para a maioria delas nos próximos anos – cerca de 75% já adotam essa modalidade para alguma ou todas as operações de TI. Veja outros dados da pesquisa:

1. Governança e gerenciamento de dados são elementos-chave das agendas estratégicas e planos operacionais dos CIOs. Em 2015, menos de 5% dos entrevistados contavam com políticas formais de gerenciamento de dados; já em 2016, 45% têm uma política em vigor e 23% implementaram formalmente a gestão de dados;

2. Mudança para plataformas cloud é crescente. A migração de documentos digitais para armazenamento em nuvem passou de 54%, em 2015, para 76%, em 2016, e 50% das empresas planejam utilizar as plataformas cloud para recuperação de dados em caso de perdas e 49% para armazenamento;

3. Segurança ganha força e mais investimentos. Em 2016, 94% dos entrevistados adotaram um quadro de segurança cibernética baseado em normas e orientações nacionais, frente aos 80%, em 2015.

Saiba mais:

Você tem controle de quê?

Por que deu errado – parte 2

Conhecimento ao alcance de todos

Imagem: divulgação