Os desafios da gestão do parque de TI: faça o download gratuito do e-book

Monitoramento constante e proativo da infraestrutura de tecnologia ajuda a ter uma visão clara do ciclo de vida das soluções e garante decisões mais assertivas; saiba quando terceirizar a gestão

Até 2020, as empresas terão 7,3 bilhões de dispositivos de Internet das Coisas (Internet of Things, ou IoT) instalados, segundo dados da consultoria Gartner, e 72% da população terá, ao menos, um celular. Mas, ao mesmo tempo em que as novas tecnologias surgem para facilitar e aprimorar os negócios, por outro lado, elevam o grau de complexidade da gestão do parque tecnológico. “A TI caminha a passos largos. Está ficando muito difícil para o gestor tentar, por si só, ou com sua equipe, acompanhar esses movimentos, se envolver tecnicamente e dar respostas razoáveis para a empresa”, avalia José Carlos Padilha, consultor com 30 anos de experiência em TI e ex-CIO da Carbocloro.

Essa questão traz à tona o debate entre internalizar ou terceirizar a gestão, que não tem uma resposta única. Ela passa por dois fatores que se complementam: o nível de maturidade da empresa, em termos de aquisição e gestão da área de TI, e a identificação dos modelos mais adequados para cada realidade corporativa.

O fato é que gerir de maneira eficiente o parque de TI se tornou ainda mais importante. Isso porque, com o monitoramento constante e proativo da infraestrutura de tecnologia, é possível ter uma visão clara do ciclo de vida das soluções, o que facilita decisões assertivas para aquisição de ativos, otimiza a utilização de recursos (financeiros e humanos), previne brechas de segurança e compliance e garante a continuidade dos negócios.

Baixe o ebook Os desafios na gestão do parque de TI e saiba:

– O impacto dos novos conceitos e tecnologias, como mobilidade, IoT e cloud computing, no gerenciamento do parque tecnológico;

– Custos invisíveis do data center;

– Casos de sucesso.

Imagem: divulgação